Jungfraujoch no verão e trilha até Mönchsjochhütte

trilha em Jungfraujoch no verão-2

O Jungfraujoch é um complexo turístico localizado nos Alpes a 3463 metros de altitude. É um dos passeios de montanha mais imperdíveis e especiais da Suíça, por vários motivos, entre eles o fato de ter neve o ano inteiro. Portanto, visitar o Jungfraujoch no verão também é uma excelente ideia.

Além de ser uma oportunidade de ver neve em pleno verão na Suíça, ao visitar o Jungfraujoch nessa época é possível fazer a trilha até Mönchsjochhütte, que é uma cabana localizada a 200 metros de altitude acima do complexo turístico.

A trilha é uma das atrações do complexo de Jungfraujoch e é uma experiência incrível. A caminhada é feita pelo glaciar na área reconhecida como Patrimônio da UNESCO: Swiss Alps Jungfrau-Aletsch UNESCO World Heritage.

Já havia visitado o Jungfraujoch algumas vezes mas não havia feito essa trilha até então.

Para saber tudo sobre o passeio em detalhes leia também os posts abaixo:

É muito mais fácil planejar viagens com o Turismo na Suíça!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Fiz essa trilha em Setembro com as meninas do Trilhas na Suíça, um grupo de brasileiras e trilheiras que vive no país e organiza trilhas e passeios por aqui.

:: Clique aqui para ver os valores e adquirir o Swiss Travel Pass ::

Quanto tempo dura a trilha e qual a dificuldade?

Essa trilha em Jungfraujoch até o Mönchsjochhütte tem uma duração média de 45 minutos a 1 hora, considerando apenas o trecho de ida.

Não é uma trilha considerada difícil, porém pela questão da alta altitude pode sim ser um desafio. 

É normal bater um cansaço mesmo sendo uma trilha relativamente curta e plana. Algumas pessoas no grupo em que eu estava também sentiram tonturas e tiveram que fazer pausas pelo caminho.

Portanto vá preparado e primeiro certifique-se de que seu corpo está reagindo bem a altitude. Se mantenha hidratado e não se esqueça de comer algo.

Ao chegarmos na cabana, decidimos subir até lá para ir ao banheiro. A subida estava bem escorregadia e em alguns pontos não havia onde segurar então tive que pedir ajuda a uma de minhas companheiras.

Infelizmente nesse dia o local estava bem mal cuidado e o banheiro não estava tão limpo para os padrões suíços, mas é preciso lembrar que esse é um hostel nos Alpes e que quem o frequenta está interessado mais na experiência do que em luxo.

Quando a trilha em Jungfraujoch está aberta?

Essa trilha até o Mönchsjochhütte está aberta normalmente entre os meses de Março e Outubro, e pode ser fechada de acordo com mudanças de tempo.

Infelizmente no inverno não é possível fazê-la.

Qual a temperatura em Jungfraujoch no Verão?

No início do verão, nos meses de Julho e Agosto, a temperatura média no topo de Jungfraujoch varia entre -2 graus a 3 graus. O contraste das paisagens durante o trajeto de subida até o complexo de Jungfraujoch é bem interessante.

Já em Setembro a mínima pode chegar a -5 e a máxima a 0 graus.

Então se prepare porque lá no topo é frio sim e pode ventar bastante.Mas em dias ensolarados quando o vento dá uma trégua e a temperatura não está negativa até dá para tirar a jaqueta e registrar umas fotos 🙂 Melhor ainda se puder apreciar a paisagem com um proseco na mão!

Como chegar a Jungfraujoch e ao começo da trilha?

Para fazer essa trilha em Jungfraujoch, o ideal é subir de bondinho a partir do Terminal de Grindelwald, já que essa é a forma mais rápida ( 43 minutos a menos do que subir de trem).

O bondinho leva até a estação Eigergletscher de onde é necessário pegar o trem de cremalheira para continuar o caminho. 

Ao chegar em Jungfraujoch, siga as placas pelo circuito e dirija-se ao Aletschgletscher de onde a trilha começa.

como chegar a jungfraujoch

Para quem prefere ir de trem via Lauterbrunnen, o caminho é um pouco mais longo e é necessário pegar o trem do vilarejo até a estação Kleine Scheidegg e de lá trocar para outro trem que sobe até a estação Eigergletscher onde a troca de trem é feita novamente para continuar o caminho até Jungfraujoch.

O ideal é estar hospedado em Interlaken ou num desses vilarejos mas também é possível fazer em um bate e volta a partir de cidades como Zurique e Lucerne, porém é preciso se planejar bem para chegar cedo.

Leia esse artigo completo para saber as melhores áreas e dicas de hotéis para se hospedar na região de Interlaken

Abaixo algumas opções de excursão a partir dessas cidades :

O que é a Mönchsjochhütte e o que fazer por lá?

A Mönchsjochhütte é uma cabana nos Alpes, uma espécie de hostel em alta altitude, onde também funciona um restaurante. Possui capacidade para receber 120 viajantes para passar a noite. 

Fica a 3657 metros de altitude e oferece abrigo para quem vai praticar atividades pela região como escalada ou caminhadas para outras cabanas de alta altitude pela região.

Ou seja, é possível dormir em Jungfraujoch caso você resolva passar a noite nessa cabanma, portanto é preciso reservar antecipadamente. É um local que costuma estar lotado.

Dá tempo de visitar as atrações no Complexo de Jungfraujoch e fazer a trilha até Mönchsjochhütte?

Sim, mas é preciso se planejar bem, especialmente se estiver fazendo um bate-volta a partir de uma cidade que não fica na região de Interlaken.

Recomendo fazer a trilha pela manhã assim que chegar ao complexo de Jungfraujoch e deixar para ver as atrações na volta. Assim você não gasta suas energias antes e não precisa se preocupar com o tempo para voltar da trilha e pegar o trem de volta ao vale.

Saiba quais são todas as atrações de Jungfraujoch aqui nesse post.

Calcule cerca de 2h30 a 3 horas para fazer a trilha de ida e volta,considerando uma parada em Mönchsjochhütte para comer algo. Caso planeje fazer um piquenique ou almoçar num dos restaurantes em Jungfraujoch na volta, , esse tempo será mais curto.

Na volta,  siga o circuito numerado e conheça todas as atrações de Jungfraujoch sem pressa. Se ainda tiver tempo recomendo para a descida o caminho tradicional apenas de trem que é mais longo, mas a forma original do passeio e que vale muito a pena pois passa por paisagens diferentes e muito bonitas entre a estação de Kleine Scheidegg e os vilarejos de Wengen e Lauterbrunnen.

Esse é um passeio que merece o dia inteiro, considerando todo o tempo de transporte para chegar até o topo e descer novamente.

Quanto custa ? A trilha está inclusa no bilhete de subida?

Sim, para quem compra o bilhete de acesso e transporte até o complexo de Jungfraujoch que aliás é o mesmo valor independente da rota escolhida ( a rápida de bondinho e trem ou a mais longa apenas de trem) tem acesso a todas as atrações do complexo inclusive a essa trilha até o Mönchsjochhütte.

No site oficial o bilhete de ida e volta para Jungfraujoch a partir de Interlaken para esse ano de 2022 é de CHF210, 80 por adulto. Quem tem o Swiss Travel Pass viaja de graça até o Terminal de Grindelwald ou o vilarejo de Lauterbrunnen e depois possui 25% de desconto na rota até o topo.

Acima o valor do bilhete comprando direto pela GetyourGuide ou abaixo opções de excursões a partir de Zurique e Lucerne. Eu já fiz uma dessas excursões a partir de Lucerne e achei que vale bem a pena para quem não tem muito tempo no roteiro para se hospedar em Interlaken.. Contei a experiência aqui.

Mais Dicas e o que levar

  • Vá com sapatos apropriados para caminhar na neve, que sejam impermeáveis e tenham um solado especial
  • Se tiver os bastões de caminhada, eles ajudam bastante
  • Mesmo no Verão as temperaturas no topo de Jungfraujoch são baixas, portanto é necessário ir com roupas apropriadas e de preferência para neve.
  • Leve filtro solar para passar no rosto e um protetor labial
  • Se hidrate frequentemente e leve água suficiente para a ida e a volta
  • Leve snacks e lanches na mochila, em caso a foma bata ou caso não consigam almoçar na cabana
  • Caso sinta-se mal, faça uma pausa, beba água e espere alguns minutos. Ao sentir-se melhor continue a caminhada, senão volte para o complexo de Jungfraujoch.
  • Pode ser que a cabana Mönchsjochhütte esteja bem lotada no horário de almoço. O local costuma ser bem popular.
iseltwald suiça

Iseltwald, um vilarejo encantador na Suíça

Já não é mais novidade que um dos pontos fortes da Suíça como destino turístico são as paisagens naturais que parecem ter saído de…

onde ficar em Interlaken dicas

Onde ficar em Interlaken: Melhores áreas e hotéis

Interlaken é um destino super turístico na Suíça, localizado numa região montanhosa chamada Bernese Oberland, uma das áreas mais espetaculares do país. Em uma…

trilha em Jungfraujoch no verão-2

Jungfraujoch no verão e trilha até Mönchsjochhütte

O Jungfraujoch é um complexo turístico localizado nos Alpes a 3463 metros de altitude. É um dos passeios de montanha mais imperdíveis e especiais…

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

Conheça nossos serviços de Assistência a Viagem na Suíça:

Elaboração de Roteiros Personalizados | Tours Privativos com Guia Brasileira

  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica,algo que é altamente recomendado e essencial à sua viagem pela Suíça! Um Seguro de Viagem possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício.
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas + gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Buscar um passe de trem
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Buscar um passe de trem
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado.

Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. Interessado em fazer uma doação? Clique aqui.

Mais de Monique Bianchi

Sunset Party na Baía de Guanabara

Já pensou em curtir um lindo pôr do sol na Cidade Maravilhosa...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *