O que conhecer em Genebra, a cidade + internacional da Europa

guia para conehcer genebra na suiça
Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Genebra ocupa o segundo lugar de maior cidade na Suíça, logo após Zurique e é certamente uma das mais conhecidas internacionalmente. Genebra é uma cidade suíça de muitas definições: Cidade da Paz, Cidade dos Refugiados, Capital do Protestantismo, e a Cidade mais internacional da Europa.

Não importa qual dos motivos você escolha para visitar Genebra. Por lá você vai encontrar muita história, cultura , arquitetura e beleza natural para sair encantado com essa cidade suíça.

Neste artigo você encontra informações e dicas para quem vai visitar Genebra pela primeira vez e também conhece um pouco mais da história e curiosidades da cidade.

Um pouco mais sobre Genebra

Genebra é famosa por ser uma cidade global, um centro financeiro  e um centro mundial de diplomacia devido à presença de inúmeras organizações internacionais no local, incluindo a sede de muitas agências das Nações Unidas e da Cruz Vermelha. Genebra abriga o maior número de organizações internacionais do mundo.

Além disso, foi em Genebra que a Convenção de Genebra que são 4 tratados em favor da Paz Mundial e Direitos Humanos foi desenvolvida e assinada.

:: Clique aqui para ver os valores e adquirir o Swiss Travel Pass ::

Algumas curiosidades sobre Genebra

  • A Internet (www – World Wide Web)  foi inventada e desenvolvida em Genebra pelo cientista britânico Tim Berners-Lee, em 1989. nos laboratórios do CERN. CERN é uma Organização Européia para Pesquisa Nuclear e também o maior laboratório de física de partículas do mundo.
  • Jean-Jacques Rousseau, um dos maiores filósofos do Iluminismo nasceu em Genebra em 1712. O local de seu nascimento, um edifício antigo na 40 Grand-Rue fica situado na Cidade Velha. Este edifício tornou-se um local de partilha e troca de ideias e opiniões em debates e encontros literários abertos ao público.
  • Na cidade de Genebra se encontra um banco considerado o banco de madeira mais longo do mundo com 120 metros de extensão. O banco está localizado em uma área logo acima do Parque dos Bastiões
  • O primeiro relógio de pulso suíço foi feito em Genebra em 1868
  • O famoso romance gótico de 1816, Frankenstein foi escrito por Mary Godwin, de 18 anos (mais tarde, Shelley), perto da margem do Lago Genebra, na área de Cologny, em Genebra. 

Leia diversas outras curiosidades sobre a Suíça nesse artigo aqui.

Onde fica Genebra e como chegar

Genebra está localizada na região francesa da Suíça, no canto sudoeste do país.

A cidade está situada às margens do maior lago da Europa, o Lago Genebra ( também chamado de Lac Léman), e fica a apenas 4 quilômetros da França. 

A forma mais fácil de chegar a Genebra para quem vem de fora da Europa é pelo Aeroporto Internacional de Genebra que é o segundo maior do país e está localizado a apenas 4 quilômetros do centro urbano, em um trajeto de apenas 6 minutos de trem!

A cidade é facilmente alcançada em 2 horas de avião da maioria das grandes cidades da Europa e é um centro da rede rodoviária da Europa. As conexões de trem de alta velocidade para Paris e Milão, bem como trens rápidos para a Espanha e a Alemanha, fornecem acesso adicional.

Em que época visitar Genebra

Genebra pode ser visitada em todas as épocas do ano pois sempre há algo para ver e fazer na cidade. 

Muitos acabam conhecendo Genebra durante o inverno pois combinam uma visita à cidade com uma viagem de esqui em um dos resorts localizados nos Alpes Franceses.

Genebra no verão
Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Mas não há como negar que na Primavera e Verão na Suíça a cidade fica mais bonita e vibrante com dias ensolarados e diversas possibilidades de passeios no Lago e às suas margens que se tornam o centro da cidade em dias quentes.

Em dias limpos é posível ter uma vista incrível do Mont Blanc.

Montblanc em genebra
Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Na Primavera, a cidade ganha uma atmosfera especial e fica toda florida.

Já visitei a cidade também no começo do Outono e tive a sorte de pegar um dia lindo e ensolarado.

Leia Também:

Como se locomover em Genebra | Transporte público na cidade

Genebra é uma cidade muito simples de se locomover. Para quem se hospeda na parte central, dá para fazer praticamente tudo a pé, caso haja disposição, ou vale combinar algum trajeto com ônibus ou barco.

caminhar em genebra

Além da ampla oferta e eficiência do transporte público local, ele é oferecido de graça aos que se hospedam por lá.

Ao se hospedar em um hotel, pousada, ou hostel, você receberá gratuitamente um “Cartão de Transporte de Genebra”. Com este cartão, o transporte público em Genebra é gratuito durante toda a sua estadia.

Este cartão pessoal e intransferível é entregue pelo local de hospedagem. E vale até mesmo para os barcos amarelos que cruzam o lago. Estes são chamados de Mouettes genevoises e partem a  cada 10 ou 30 minutos dependendo da estação.

Aliás, vale muito a pena pegar ao menos uma vez um desse barquinhos e se sentir como um morador de Genebra.

Como encaixar Genebra em um roteiro de viagem pela Suíça

Devido ao Aeroporto Internacional na cidade, Genebra pode ser a sua porta de entrada ou de saída na Suíça.

Uma boa ideia é começar a sua viagem pela Suíça por Genebra, passar pela Riviera de Montreux e a região de Lavaux e seguir em direção à parte alemã do país passando por Interlaken até Zurique.

Caso possua no planejamento a visita a outras cidades da França, também vale a pena combinar uma visita a Genebra, pela facilidade de transporte seja aéreo ou de trem. Cidades próximas e que valem muito a pena são Chamonix e Annecy.

O trem internacional TGV Lyria por exemplo que vai de Genebra a Paris faz o percurso em 3 horas.

Oferecemos o serviço de elaboração de Roteiro Personalizado para a sua viagem pela Suíça! Entre em contato e peça o seu orçamento.

Qual a língua falada em Genebra

Por estar localizada na região francesa da Suíça, o idioma falado em Genebra é o Francês, uma das três línguas oficiais da Suíça. Porém grande parte da população também fala o Inglês, já que 40% dos habitantes de Genebra são estrangeiros.

Além disso, pela alta quantidade de estrangeiros que vivem e visitam Genebra, é possível escutar conversas em diferentes idiomas ao caminhar pelas ruas.

Quantos dias são necessários para conhecer Genebra?

Genebra é uma cidade de muitas atrações e possibilidades. O ideal é se hospedar no mínimo 2 noites na cidade para conseguir conhecer os principais pontos turísticos e visitar algum museu. 

Para quem está apenas de passagem por Genebra um Tour Privativo de 3 horas pelos pontos turísticos da cidade é uma boa ideia.

Veja abaixo também opções de passeios e excursões na cidade e possibilidades de bate-voltas a partir de Genebra.

O que fazer em Genebra | As principais atrações

Jet d’eau – o Jato de água de Genebra

Localizado no Lago de Genebra possui 140 metros de altura. É o jato de água mais alto do mundo e simboliza a herança de Genebra como líder no campo da  energia hidráulica. 

 O que ver em Genebra
©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

O Centro Histórico de Genebra

A Cidade Velha de Genebra é uma das maiores da Europa e cataloga os 2.000  anos de história da cidade em suas muitas galerias de arte, antiquários, museus,  fontes e outros pontos turísticos. 

A Catedral de São Pedro

Localizada no centro histórico de Genebra é a principal  igreja protestante da cidade. Foi construída entre os anos de 1160 a 1252.  Durante a Reforma Protestante, em 1535, a Catedral se tornou um local de  devoção protestante. 

Na igreja há a possibilidade de subir os 157 degraus para visitar as torres e ter  uma incrível vista panorâmica da cidade e do lago. Para isso é preciso pagar um  ingresso de CHF7. 

O interior da igreja é muito bonito e há também um sítio arqueológico abaixo da  Catedral onde é possível. admirar seus tesouros, datados da Antiguidade.

Maison Tavel 

É o mais antigo edifício da Idade Média em Genebra. Faz parte do  conjunto do Museu de Arte e História de Genebra. 

Place du Bourg-de-Four

A praça mais antiga da cidade e o coração do centro  histórico. É possível encontrar diversos restaurantes e cafés no local. 

centro hiustorico genebra
©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

O Relógio de Flores de Genebra

Localizado no Jardim Inglês, é um dos  símbolos da cidade que representa a importância da indústria produtora de  relógios na região que construiu a reputação de Genebra com marcas como  Rolex e Patek Philippe

O Parque dos Bastiões

Uma grande área verde na cidade que reúne alguns  dos mais belos monumentos das cidades ao longo do calçadão arborizado. É  onde está situado o Monumento da Reforma ( Reformation Wall). 

O Muro da Reforma

Apresenta estátuas esculpidas representando os quatro  principais defensores da Reforma Protestante – João Calvino, William Farel,  Théodore de Bèze e John Knox.O Muro da Reforma faz parte das antigas  muralhas da cidade que se erguem acima do Parque dos Bastiões.

muro da reforma

A Praça das Nações

A Praça das Nações é um dos pontos turísticos mais  emblemáticos da cidade de Genebra. 

O piso da Place des Nations é composto por uma alternância de concreto e  diferentes granitos, de países produtores membros da Organização das Nações  Unidas (ONU), simbolizando a diversidade das nações. 

Há também 84 jatos de água que compõem a fonte projetada especialmente para esta praça.

sede da onu genebra
Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Sede da ONU

O Palais des Nations abriga a sede europeia das Nações  Unidas, e é o maior centro da ONU depois de Nova Iorque. Mais de 25.000  delegados passam pelo centro anualmente, e muitas obras de arte estão  exibidas ali. Normalmente há tours guiados diariamente mas por conta da atual  situação do COVID, eles estão suspensos. Na entrada é possível ver as  bandeiras dos 192 países membros. 

Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Monumento da Cadeira Quebrada

A „Broken Chair” é uma cadeira amputada  criada pelo artista de Genebra Daniel Berset, um símbolo da luta contra as  minas terrestres e atua como um lembrete para os políticos e outras pessoas  que visitam Genebra. 

pontos turísticos em genebra

Em seguida, em apenas 6 minutos de caminhada fica o Museu  Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, o único museu no  mundo dedicado ao trabalho de Henry Dunant. 

Bain des Paquis

Uma espécie de praia no Lago de Genebra de onde se tem uma vista panorâmica de 360° do lago, do Jato d’água, do Porto e da Catedral  São Pedro. 

Há bares e restaurantes e pode ser uma boa opção para almoço em dias quentes.

Loja de chocolates locais Favarger

A loja de chocolates Favarger é um café e loja de uma das marcas de  chocolate suíço produzido em Genebra desde 1826. Não utiliza ingredientes  artificiais nem óleo de palma e há uma variedade de produtos entre bombons,  trufas e barras de chocolate. 

Ladurée

Em Genebra fica a única loja e café da Ladurée na Suíça. Se você também ama os macarons e quer aproveitar para fazer uma pausa depois de caminhar pelos pontos turísticos de Genebra, esse é certamente um bom local.

Rue du Rhone

Quem se interessa por compras em Genebra não pode deixar de passar por esta rua. Onde se encontram as  boutiques, lojas de grife e lojas de departamento mais famosas. 

Grand Rue

Uma das ruas mais pitorescas e bem preservadas no centro antigo  de Genebra. No No. 40 você pode ver o local de nascimento de Jean-Jacques  Rousseau, e no. 27 do ator Michel Simon.

Carouge

Praticamente uma vila vizinha a Genebra que  na verdade é como se fosse um bairro dentro da cidade. Foi projetada por  arquitetos italianos e construída no século 18 por ordem do rei da Sardenha para competir com Genebra. 

Carouge em genebra
Copyright: ©GenèveTourisme; ©www.geneve.com

Onde se hospedar em Genebra

Se você quer saber as melhores regiões para se hospedar em Genebra e dicas de hotéis de todas as categorias e para todos os bolsos leia a nossa outra matéria –> Onde se Hospedar em Genebra – Opções para todos os bolsos

Booking.com

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

Conheça nossos serviços de Assistência a Viagem na Suíça:

Elaboração de Roteiros Personalizados | Tours Privativos com Guia Brasileira

  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica,algo que é altamente recomendado e essencial à sua viagem pela Suíça! Um Seguro de Viagem possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício.
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas + gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Buscar um passe de trem
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Buscar um passe de trem
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado.

Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. Interessado em fazer uma doação? Clique aqui.

Mais de Monique Bianchi

Dicas de Eventos na Suíça durante o mês de Setembro

Durante o mês de Setembro muita coisa vai acontecer na Suíça, confira...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.