Gandria: um pitoresco vilarejo no Lago de Lugano

vila de gandria

Às margens do Lago Lugano e aos pés do Monte Bré, se localiza o pitoresco vilarejo de Gandria. Uma das vilas mais charmosas da região.

Visitar Gandria é como voltar no tempo. Com construções do século 16 e 17 é uma antiga vila de pescadores que está bem preservada e permance inalterada há mais de 100 anos. Para você ter uma ideia a rodovia para chegar até a cidade só foi construída em 1936. Antes disso, a chegada era possível somente via barco e trilhas precárias.

Em seu centro histórico , porém, as ruas são livres de carro e ajudam a manter a atmosfera fascinante do local que conta com casas lado a lado nas ruas estreitas, e um caminho que passa por vielas e escadas íngremes. A vila é também a última em território suíço antes do atual posto da fronteira com a Itália.

Como chegar a Gandria

Trilha Sentiero de Gandria

Uma das formas de aproveitar ao máximo um passeio até o vilarejo de Gandria é fazendo a Trilha das Oliveiras ou Sentiero di Gandria que começa em Lugano Castagnola ou a partir do centro de Lugano.

Uma caminhada tranquila que proporciona muitas belas paisagens pelo caminho e leva 30 minutos sem paradas. Saiba tudo sobre essa trilha aqui nesse post.

De carro

Quem tem menos tempo disponível pode chegar de carro tb até a entrada da vila. Esse é o endereço do estacionamento:

Strada di Gandria
6978 Lugano

De barco a partir de Lugano

Outra forma muito bacana de chegar a Gandria é de barco pelo Lago de Lugano.

Você pode chegar a pé pela trilha, aproveitar a vila e voltar de barco apenas relaxando e curtindo as paisagens ou fazer o contrário ao chegar de barco e voltar caminhando.

Como aproveitar sua visita a Gandria

Você pode considerar meio dia para uma visita a Gandria, contando com a chegada pela Trilha e a volta de barco até Lugano ou outra cidade às margens do Lago.

Gandria é uma vila pequena mas para ser explorada com calma. Vale a pena ir com tempo para experimentar um dos restaurantes da vila, especialmente um que tenha vista para o Lago de Lugano como o Ristorante Antico, ou o Locanda Gandriese, dois restaurantes que já experimentei e gostei bastante.

Ao caminhar por Gandria descendo em direção ao lago você irá passar pela Igreja de São Vigílio, construída no século XVII. Náo deixe de entrar para conhecer seu interior barroco.

Quando ir

Na minha opinião para aproveitar o máximo de um passeio a Gandria, você deve fazê-lo num dia de sol, portanto as melhores épocas são a Primavera e o Verão. Como sugiro voltar de barco até Lugano, esse é mais um motivo para fazer o passeio nessas épocas devido ao serviço de barcos ser mais frequente.

Outros passeios por perto

Cantine di Gandria e o Museu da Fronteira

Depois de conhecer Gandria aproveite para atravessar do outro lado do lago com um barco até Cantine di Gandria, onde os moradores antigamente armazenavam vinho, carnes curadas e queijos. Mas em Cantine di Gandria a maior atração é o Museu da Fronteira que funcionava antigamente como o posto da fronteira entre a Itália e a Suíça. Lá você vai aprender mais como era o controle antigamente e a questão do contrabando de bens como café e arroz de um lado para o out

Além de ser uma visita bem interessante, do outro lado do lago a paisagem também é bem bonita e você tem a oportunidade de ver Gandria de uma outra perspectiva.

A Vila de Morcote

Se tiver mais tempo ou se estiver hospedada em alguma cidade da região de Ticino estique o passeio de barco até a Vila de Morcote que já foi eleita como uma das vilas mais bonitas da Suíça e não é por acaso. Leia aqui o post sobre a visita a Morcote

Caminhada pela orla de Lugano e Parco Ciani

Mesmo que já conheça a cidade de Lugano esse é um passeio que vale a pena repetir. Se vier de barco de Gandria até a cidade desembarque na parada Lugano Paradiso e vá caminhando em direção à cidade pela orla do lago de Lugano. Continue até o Parco Ciani, um lindo parque às margens do lago e com uma ótima vista do Monte San Salvatore.

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

O que é essencial:

  • Swiss Travel Pass: para economizar na viagem de transporte público, garantir descontos e gratuidade em passeios de barco, montanha, trens panorâmicos e entradas em museus ou o Global Pass caso seu roteiro inclua  a passagem por mais países pela Europa.
  • Compra de ingressos antecipados no cartão de crédito para garantir disponibilidade e também oferta de excursões e passeios guiados pra quem viaja sozinho ou quer a comodidade de viajar com quem conhece bem o país
  • Pesquisa e reserva de hotéis no Booking.com para verificar disponibilidade, comparar preços e diversas opções de hotéis. Mesmo que não finalize a reserva por lá, é a minha dica de onde começar a pesquisa pois geralmente também oferece preços atrativos.
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica,algo que é altamente recomendado e essencial à sua viagem pela Suíça! Um Seguro de Viagem possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Comece sua pesquisa com a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício.
  • Veja abaixo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

 

Transporte na Suíça

    • Goldenpass: rota de trem panorâmica de Lucerne a Montreux

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

    • Titlis x Jungfraujoch - um comparativo dos 2 passeios em montanha onde é possível ver neve o ano todo

    • Stoos - conheça essa vila alpina no funicular mais inclinado do mundo

Lagos na Suíça

    • Blausee - o lago mais azul da Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

    • Grindelwald, uma das vilas alpinas mais especiais da região de Jungfrau

    • Engelberg, um vale especial e diversas montanhas

    • Lauterbrunnen - o vale inspiração para as paisagens de Senhor dos Anéis

    • Gruyéres - conheça essa charmosa vila medieval, também famosa pelo queijo

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado.

Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. Interessado em fazer uma doação? Clique aqui.

Mais de Monique Bianchi

Passeio pelo Estreito de Bósforo em Istambul

Dizem que uma visita a Istambul sem fazer um tour pelo Estreito...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *